Tem Dias


Tem dias que parece que o tempo não passa. O dia não escurece, a noite não chega. Parece que tudo vai mais devagar justamente quando você precisa que vá mais rápido, seja qual for a razão. Desamores, desânimos, preguiças, ansiedades. Vai me dizer que você nunca teve um dia desses? Meu caro amigo, devo dizer que você é sortudo.

Tem dias que dá vontade de abrir um buraco negro no meio do chão do quarto e se jogar lá e esperar até que a sensação de que se quer sumir passar. Esses são dias bem comuns. Querer desaparecer, quem dera fosse fácil.

Tem dias que o dia amanhece sorrindo pra você, dizendo que vai ser diferente dos outros e realmente é. Esses são raros, mas é assim que a gente aprende a admirar esses dias. Sua peculiaridade. Dia em que você até acredita que as coisas podem ser boas assim sempre. Esses dias te fazem querer viver os outros, mesmo que eles sejam horríveis.

Tem dias que eu tenho inspiração. Em outros não. Ironicamente, são nos dias ruins que eu tenho lampejos pra escrever. Pra fazer textos felizes e esse tipo melancólico que você tá lendo. Todos os dias valem a pena, embora alguns sejam péssimos e a única coisa desejável seja a habilidade de ser invisível.

Tem dias que você acorda se sentindo sozinho mesmo que exista uma multidão ao seu redor. Que você acorda e olha pro outro lado da cama querendo alguém. Não importa quem, você só quer alguém. Esses são os dias para a boa palavra.

Tem dias que você acorda e se sente invencível. Cheio de pessoas ao teu lado. Pula da cama e diz pra si que hoje é o dia onde tudo de bom vai acontecer. Esses são os dias das boas memórias. Nem sempre são bons pra escrever, mas com certeza são bons pro coração.

Tem dias e dias.

Sejam afáveis, sejam penosos, todos eles são importantes. Todos eles são, foram ou serão parte de você.

Lembre-se temos dias.


Because these things will change

Can you feel it now?

These walls that they put up to hold us back

Will fall down

This revolution

The time will come

For us to finally win

(c) foto

Ana Gabriela

4 comentários em “Tem Dias

  1. Oh God, li esse post em um dia que eu realmente estou me sentindo sozinha.
    Tenho vontade de me colocar dentro de uma sala escura e espelhada, soltar alguma música e dança-la até meus pés sangrarem.
    É esses dias que sinto como se não fosse importante para ninguém, como se não fizesse diferença. Quero que ele acabe logo. Quero que 2016 comece logo.

    Abraços de luz,
    http://www.cappuccinoebobagens.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo