[Poesiando] Sobre Desencontros

Espanta-me Meu Bem
estes nossos desencontros

por nunca saber quando o
encontrarei de novo.

Peço-te, por favor, que 
não demores tanto 
E que ninguém te arrebate 
em quanto não bate em minha porta 

Mas com paciência esperarei
não se preocupes Bem
Vai voar pois
eu sei que voltarás.

Ana Gabriela

7 comentários em “[Poesiando] Sobre Desencontros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo