[Cronicando] Mulher

A mulher de olhos fartos de tanto aguentar falsas amizades, falsos amores, falsos tudo, mas que nunca vai deixar de admirar os verdadeiros que encantam seu coração. 
Ah mulher, deslumbras com qualquer boba carícia. Por que de carência crias seus devaneios com um príncipe talvez ou até mesmo com besteiras da imaginação de uma menina.
Sim, toda mulher tem uma grande menina dentro de si. Esperando ser achada pelas próprias ilusões. Buscas um espaço no coração das pessoas que a cercam. Cativas com o olhar, o jeito de andar, cantar, falar. De qualquer jeito irá cativar.
Dança moça menina, ao som do próprio pulsar, admirando cada momento do tal do viver. Cheio de cansaços, estardalhaços, deslizes, sorrisos e um pouco de árduo. 
Só não esquece a garota dentro de ti, lembra-se de alimentar os sonhos que ela possui, e de suprir as necessidades vindas deles. A menininha que diz todos os dias para acreditar em si, e não desistir. 
Tu mulher é dádiva, nunca esqueça!


PS: Feliz dia da mulher pra nós!

Ana Gabriela

2 comentários em “[Cronicando] Mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo