Cabeça erguida, querida.

Quando eu achei o print desse comentário da falecida conta da Meghan no Instagram (RIP – a tristeza da fã que sabe que nunca mais vai ter essa oportunidade graças aos haters) eu me senti contemplada. Não faço ideia do contexto do conselho que Meghan deu à pessoa, mas a realidade é que ele serve para um monte de situações. Até para a própria Meghan nos últimos anos o conselho dela serve.

E eu ouvi bastante esse conselho nos últimos tempos, às vezes eu nem entendo como consigo; em outras eu simplesmente não consigo e começa todo o círculo vicioso e desgastante de novo. Dá vontade de desistir, jogar tudo para o alto.

Mas como diria Shawn Mendes:

Algumas vezes eu penso em desistir, mas eu simplesmente não posso, não está no meu sangue

e seguimos tentando.

A palavra do meu 2020 foi thrive – prosperar – e ela continuará sendo a de 2021. Eu pensei que não cresci nesse ano, mas, eu o fiz, de maneiras que não esperavam – nem eu. Então, parece que de algum jeito, funcionou.

Eu espero que em 2021 você e eu tenhamos o que precisarmos para passar por mais um ano. Que nos momentos bons e ruins saíamos vencendo – mesmo que seja se arrastando. Em corridas, seja pulando num pé só, andando devagar, correndo, mancando… Se passar pela linha de chegada, você ganha a corrida. O primeiro lugar é muito superestimado. Aqueles que se superam apesar das dificuldades merecem mais atenção. Viva a você! Viva a nós!

Cabeça erguida. Seja o que for, mantenha a cabeça erguida.

Ana Gabriela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo